Notícias

Moradores do Grande ABC reclamam de valores altos em conta de luz

Após uma alta no número de reclamações registradas envolvendo a Enel, concessionária responsável pela distribuição de energia elétrica no Grande ABC, o Procon e autoridades da região pediram uma reunião com a Ouvidoria da empresa.

O objetivo do encontro é tratar das cobranças consideradas abusivas pelos consumidores durante o período da pandemia.

O Procon quer esclarecimentos da companhia sobre a cobrança e a leitura realizada nos últimos meses, além de solicitar uma revisão nas contas.


Leitura dos medidores volta a ser presencial

A Enel reduziu as medições presenciais para evitar a disseminação da covid-19 desde abril, mas retomou gradualmente, durante o mês de junho, a leitura presencial dos medidores de energia dos consumidores.

A expectativa é que, em julho, todos os equipamentos de medição voltem a ser lidos normalmente pela distribuidora.

A retomada dos leituristas nas ruas está em linha com o anúncio do governo do estado em relação à flexibilização do isolamento social, informou a Enel.

Apesar das críticas a cobranças abusivas nos últimos meses, o consumidor precisa ficar atento, pois a retomada da leitura presencial pode gerar valores maiores nas contas de luz por causa da compensação durante o isolamento.


Resposta da empresa

À Rádio Bandeirantes, a Enel admitiu que a conta de luz de parte dos clientes pode ter sido emitida com erro e garantiu que a diferença será compensada o mesmo for constatado.

Com informações da Agência Brasil e jornal Metro